Gustavo e Priscila - O verdadeiro significado de “casamento pé na areia“


Menos é mais, e esse casamento veio pra provar isso. Um casamento na praia, com o pé no chão e para pouquíssimas pessoas. A noiva se maquiou sozinha e chegou de barquinho, enquanto o noivo esperava ela da ponte que ligava a praia até a capela. As músicas tocavam em uma caixinha pequena portátil, os dois estavam descalços e foi nesse clima mais intimista impossível que tudo aconteceu. Tudo calmo, no seu tempo e com direito a chuva no fim do dia para limpar as energias ruins. Começamos o ano com pé direito(descalço) e com a alma lavada. Tem como ser melhor do que isso?

E o nosso 2017 foi assim...

Gratidão é uma palavra que ficou banalizada. É falada por todos e para qualquer coisa, mas na verdade, ela vai muito além de um simples "obrigado". A gratidão vem do coração, vem da alma, vem daquele olhar mais profundo e sincero. 
Ahhh 2017, você vai deixar saudades... A gratidão por tudo o que eu passei é tanta que preenche cada centímetro do meu ser. Ano que eu me desafiei, fui além dos meus limites, trabalhei muuuuito, conheci lugares novos que jamais imaginaria conhecer, pessoas maravilhosas, e conquistei coisas que eu julgava impossíveis conseguir. 2016 foi um ano de plantar a semente, 2017 foi um ano de regar a plantinha, e 2018 vai ser um ano de colher bons frutos.

Eu só tenho a agradecer cada que confiou em mim, cada um que me apoiou e cada um que colocou em minhas mãos a missão de registrar momentos tão únicos. Agradeço todos os dias pela oportunidade de fazer parte da vida de tantas pessoas especiais e iluminadas.

Gratidão por fazerem do meu 2017 um ano inesquecível.

Dicas de como escolher as fotos para o seu álbum de casamento

DICASDEALBUMCASAMENTO-12.jpg

O casamento passa, entregamos as fotos digitais, os clientes ficam felizes… mas aí vem a pergunta: “E AGORA”? Recebo esse questionamento de 9 em cada 10 casais que fotografo: é comum ter dificuldade em saber como selecionar as fotos para o álbum e por onde começar.

Por isso decidi fazer esse post, com várias dicas que vão ajudar vocês na hora dessa difícil – e recompensadora – tarefa. E não se sintam mal em demorar e pensar bem antes de fazer o álbum. É super comum fazê-lo só depois de meses ou anos depois de casados.

Fica a dica: reserve uma tarde do final de semana para reverem as fotos daquele dia tão lindo, comprem um bom vinho e acompanhe as recomendações a seguir, que com certeza vão ajudar vocês!

DICASDEALBUMCASAMENTO-11.jpg

O álbum é a primeira herança da família: a idéia dele é justamente mostrar como foi todo o dia para quem não estava a presente. Pense em como você gostaria que essa história fosse contada para as próximas gerações e para aqueles que não estavam presentes no evento.

O álbum deve ser feito pensando no casal, e não nos convidados. Muitas vezes, nem todos que estavam no casamento vão ver o álbum, já que é algo que fica mais restrito aos mais próximos do casal. Então não se sinta na obrigação de colocar foto de todos – foque nos momentos mais importantes.

DICASDEALBUMCASAMENTO-17.jpg

Separe as fotos em etapas (making of, decoração, cerimônia, retratos do casal e festa). Depois, escolha todas as que você mais gostou, vá fazendo pastas e eliminando as repetidas, as menos preferidas, etc. É um processo demorado e requer muita atenção, mas garanto que vocês não vão se arrepender ao fazer essa curadoria.

Pense em selecionar as que melhor contam a história. Um álbum não precisa ter fotos repetidas, então selecione poucas de cada momento.

DICASDEALBUMCASAMENTO-6.jpg

Divida a quantidade de fotos que deve ter no álbum por tema. Se ele tem 100 fotos, faça uma média e escolha 10 do making of da noiva, 10 do making of do noivo, 5 de decoração, 30 da cerimônia, 5 retratos do casal e 40 da festa. Lembrando que isso é apenas uma dica, alguns casamentos rendem poucas fotos de festa e outros não têm making of. Faça uma porcentagem referente a quantas fotos de cada parte você pode e quer colocar. Limitando vai ficar mais fácil fazer a escolha.

Valorize o making of e a decoração. As pessoas que verem o álbum querem sentir que estavam lá. Por isso, é importante contextualizar e mostrar com quem você estava, o local da festat e todos os detalhes interessantes do dia. Reserve pelo menos uma lâmina para mostrar como o local foi decorado, por exemplo.

DICASDEALBUMCASAMENTO-9.jpg


Não deixe de incluir os pais, padrinhos e pessoas que realmente são importantes para a vida de vocês. As fotos protocolares são aquelas que todo mundo odeia fazer, mas que não podem faltar. Seja no dia do casamento ou no álbum. E eu nem preciso explicar porque, né? Pode ser as que foram feitas de um jeito descontraído, ou as fotos na hora dos cumprimentos(que rendem momentos super emocionantes), mas a família tem que estar no álbum de algum jeito.

DICASDEALBUMCASAMENTO-5.jpg

Guarde pelo menos uma lâmina para as fotos do casal. Após a cerimônia, sempre pedimos alguns minutos com o casal para algumas fotos. É um momento muito íntimo e único que rende lindas fotos, dignas de capa do álbum e de pelo menos uma lâmina de fotos. E fica a dica: caso você ainda não tenha se casado, reserve pelo menos 15 minutinhos para esses retratos após a cerimônia. Já que na hora da festa, os noivos costumam ir cada um para um lado e são raras as fotos dos dois juntos.

Depois dos noivos, os padrinhos são os que mais aparecem nas fotos. Eu sempre indico escolher apenas um ou dois momentos para que eles estejam no álbum. Então se vai colocar as protocolares, não precisa contemplar a entrada deles. E caso os cumprimentos tenham fotos legais, é legal fazer uma lâmina com várias imagens desse momento emocionante.

DICASDEALBUMCASAMENTO-4.jpg

Escolha as fotos que realmente te tocam. O álbum é uma coisa eterna, quase como uma jóia de família e cheio de carga emocional, então se certifique de que está feliz com a escolha e com a diagramação. Veja algumas vezes as lâminas prontas, e tenha certeza de que o resultado está perfeito.

DICASDEALBUMCASAMENTO-3.jpg